O que são sensores?

 Sensores são dispositivos eletrônicos de atuação à distância, similares às chaves fim de curso, porém sem atuadores e contatos mecânicos. Podem ser inseridos em circuitos que necessitam de atuação por proximidade, detecção de presença, contagem de materiais, separação de materiais e até mesmo funções de segurança.

 Como não existem elementos mecânicos que se desgastam, os sensores possuem vida útil praticamente ilimitada, suportando uma quantidade elevada de acionamentos.

Onde os sensores são utilizados?

 Os sensores são muito utilizados na indústria, principalmente em lógicas de automação, devido sua robustez, praticidade e precisão, sendo encontrados modelos de várias faixas de tensão em CC e CA.

 Existem vários tipos de sensores, capazes de detectar diversos tipos de materiais, possibilitando a criação de circuitos de alta complexidade.

 Quais os principais tipos de sensores?

 Sensor capacitivo

 O sensor capacitivo funciona baseado no princípio da mudança de frequência de oscilação de um circuito ressonante com a alteração do valor de capacitância formada pela placa sensível e o ambiente, devido à aproximação de um corpo qualquer. Esta capacitância pode ser alterada, praticamente por qualquer objeto que se aproxima do campo de atuação do sensor.

 O sensor capacitivo é utilizado para detecção de objetos de natureza metálica ou não, tais como: madeira, papelão, cerâmica, vidro, plástico, alumínio, pós de natureza mineral como talco, cimento, argila, etc. Os líquidos de maneira geral são ótimos atuadores para os sensores capacitivos, não importando se são condutivos ou não, a viscosidade ou cor. Assim sendo, são excelentes sistemas para controle de níveis máximos e mínimos de líquidos ou sólidos. Um ou dois sensores podem ser instalados, mesmo que mergulhados totalmente no produto.

 São ideais para aplicações em sistemas de automação, tais como, contagem de objetos, caixas, pacotes ou peças em geral, e são extremamente versáteis em aplicações de difícil solução quando comparados com soluções convencionais.

sensor capacitivo 300x300 - O que são sensores?

Sensor indutivo

 O sensor indutivo é capaz de efetuar um chaveamento elétrico sem que seja preciso algum corpo metálico tocá-lo. Um sensor indutivo funciona baseado no princípio da mudança de frequência de oscilação de um circuito interno. Esta oscilação é modificada quando se introduz um objeto metálico dentro do campo magnético da bobina, retornando ao normal quando se retira o objeto. As modificações do comportamento do oscilador são demoduladas e interpretadas pelo trigger de modo a obter-se uma saída de sinais alto-baixo, ou seja, uma onda quadrada bem definida, capaz de excitar um circuito de potência, tal como um transistor ou um tiristor, obtendo assim uma chave liga/desliga em estado sólido, com condições de efetuar um chaveamento sobre bobinas de relés, pequenos contatores, ou mesmo circuitos lógicos.

sensor indutivo 300x182 - O que são sensores?

Sensor magnético

 O sensor magnético tem seu funcionamento baseado na presença de um campo magnético externo, próximo e dentro da área sensível, provocando uma comutação eletrônica. Esses sensores utilizam internamente um elemento semicondutor que permanece excitado por um imã permanente. Quando um campo magnético externo ou objeto de natureza ferromagnética é introduzido nesse campo, essa excitação é alterada, ocorrendo o chaveamento eletrônico do sensor.

 Os sensores magnéticos são utilizados para monitorar a posição de portas de segurança de correr, giratórias e desmontáveis. São muito utilizados em casos onde não é possível realizar aproximações precisas e onde se necessitam grandes tolerâncias.

sensor magnetico 300x165 - O que são sensores?

Sensor óptico

 O sensor óptico tem seu funcionamento baseado na interrupção ou incidência de um feixe luminoso sobre um fotorreceptor, provocando uma comutação eletrônica.

 A emissão de luz é invisível, proveniente da emissão de raios infravermelhos. Para conseguir uma máxima eficiência e potência, a emissão de luz infravermelha é modulada ou pulsada com uma frequência próxima de 1,5 kHz, que será interpretada por um receptor óptico sintonizado nesta mesma frequência, imunizando o sistema totalmente da recepção da iluminação ambiente ou raios luminosos estranhos.

 Como os sensores ópticos emitem uma luz invisível, podem ser utilizados ilimitadamente em sistemas de alarme (ambientes internos ou externos), formando uma barreira invisível que ao ser interrompida, pode acionar diversos sistemas de comando. Também podem ser utilizados na contagem e detecção de peças. Os modelos refletivos e difusos são comumente utilizados onde um espelho ou a própria peça a ser detectada reflete os raios infravermelhos, desde que as peças não tenham suas superfícies opacas.

sensor óptico 300x300 - O que são sensores?

Simbologia do sensor

simbologia sensor - O que são sensores?

Gostou? Compartilhe!
Updated: 30 de julho de 2019 — 21:52

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *