Exercício associação de resistores em paralelo

 Quer aprender como resolver uma associação de resistores em paralelo passo a passo? Você está no lugar certo.

Exercício resolvido resistores em paralelo

 No circuito abaixo temos a associação de três resistores em paralelo sujeitos a uma ddp de 9V. Determine o valor do resistor equivalente dessa associação, o valor da corrente total do circuito, os valores das correntes e ddp em cada resistor, além dos valores de potência em cada resistor e potência equivalente da associação.

associação resistores paralelo 1 - Exercício associação de resistores em paralelo

associação resistores paralelo 1.1 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Encontrado o valor da resistência equivalente dos dois primeiros resistores, o próximo passo é utilizar esse valor encontrado para encontrar o valor da resistência equivalente total do circuito, conforme abaixo:

associação resistores paralelo 2 - Exercício associação de resistores em paralelo

associação resistores paralelo 2.1 - Exercício associação de resistores em paralelo

associação resistores paralelo 3 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Após encontrar o valor da resistência equivalente, o próximo passo será calcular o valor da corrente total do circuito, para isso iremos dividir o valor da ddp da fonte pela resistência equivalente, utilizando a seguinte fórmula:

associação resistores paralelo 3.1 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Encontrado o valor da corrente total, o próximo passo será encontrar o valor de corrente em cada resistor. Como o circuito possui somente resistores em paralelo, o valor da ddp da fonte será o mesmo em todos os resistores, e a corrente total do circuito irá se dividir entre eles. Essa é uma característica de um circuito em paralelo que não podemos esquecer.

associação resistores paralelo 4 - Exercício associação de resistores em paralelo

Para encontrarmos os valores de corrente de cada resistor, vamos realizar os seguintes cálculos:

associação resistores paralelo 5.1 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Dessa forma, as correntes nos resistores ficarão divididas conforme abaixo. Lembrando que a corrente total que sai da fonte, vai se dividindo pelos nós de entrada do circuito e somam-se nos nós de saída. O mesmo valor que saiu da fonte retorna para ela.

associação resistores paralelo 5 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Para encontrarmos os valores de potência em cada um dos resistores, vamos multiplicar o valor de tensão e corrente em cada um, conforme as seguintes fórmulas:

associação resistores paralelo 4.1 e1549397976248 - Exercício associação de resistores em paralelo

associação resistores paralelo 6 - Exercício associação de resistores em paralelo

 Por fim, para calcularmos o valor da potência equivalente do circuito, basta apenas somar os valores de potência de cada resistor, conforme a fórmula abaixo:

associação resistores paralelo 6.1 - Exercício associação de resistores em paralelo

associação resistores paralelo 7 - Exercício associação de resistores em paralelo

Viu só como é fácil resolver um circuito de resistores associados em paralelo?

Gostou? Compartilhe!
Updated: 30 de julho de 2019 — 21:54

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *